Clipping

Matem o mensageiro

Autor(es): 

Hélio Schwartsman

SÃO PAULO - Em carta aberta à organização do Pisa, o exame internacional que compara o desempenho acadêmico de 65 países, cerca de uma centena de educadores das mais reputadas universidades do mundo criticaram o que qualificam como efeitos perversos do teste.

O principal problema apontado é que, como a prova vem ganhando importância, governos e escolas dedicam cada vez mais esforços a preparar os alunos para sair-se bem no exame, deixando de lado outros objetivos da educação.

Páginas